Notícias

Casas, no Rio Grande do Sul, completamente submersas por causa das enchentes

Rio Grande do Sul: 616 Mil Fora de Casa pela Calamidade

Rio Grande do Sul: 616 Mil Fora de Casa pela Calamidade Desde o início das fortes chuvas, resgataram 77.8 mil pessoas e 12.5 mil animais silvestres, domésticos e de produção. Mais de 616,6 mil pessoas ainda estão impossibilitadas de voltar para suas casas no Rio Grande do Sul. As fortes chuvas que caíram no estado entre o fim de abril e maio provocaram a calamidade pública. Entre elas, 37.154 estão abrigadas temporariamente em um dos 857 abrigos provisórios disponibilizados pelo estado. A situação atual A tragédia das enchentes afetou profundamente o estado, resultando em 172 mortes e deixando 42 pessoas ainda desaparecidas. Desde o início das fortes chuvas, resgataram 77.8 mil pessoas e 12.5 mil animais silvestres, domésticos e de produção, como cachorros, gatos, cavalos, porcos, bois e galinhas. Desafios e solidariedade No período de pouco mais de um mês dos eventos climáticos, 2.39 milhões de pessoas sofreram efeitos diretos ou indiretos. Isso equivale a 21,97% da população total do estado, composta por 10,88 milhões de habitantes que residem em 475 municípios impactados pelas chuvas e cheias. Apesar disso, a solidariedade se destaca. Locais auxiliam na triagem de roupas e enviam os donativos aos abrigos, garantindo que atendam às necessidades básicas daqueles que enfrentam essa difícil situação. Monitoramento dos níveis de água O nível do Guaíba, que banha a região metropolitana de Porto Alegre, voltou a subir recentemente, alagando algumas ruas da cidade. O boletim do governo do Rio Grande do Sul sobre os serviços de infraestrutura do estado informa que a Lagoa dos Patos está com um nível quase um metro acima da cota de inundação fixada. Além disso, outros rios também estão sendo monitorados para evitar novos problemas. Apesar dos desafios, a solidariedade e o esforço conjunto continuam a ser a força motriz para enfrentar essa calamidade. A comunidade se une na esperança de superar essa situação difícil e reconstruir o que foi perdido.

Leia Mais

Esta gostando? Compartilhe

Mais Populares:

Quer ver mais conteúdos?

Assine Nossa Newsletter

E Fique Por Dentro De Tudo Que Acontece Em Uberlândia.

plugins premium WordPress

Olá, visitante