Notícias

Atriz Luma Vidal dá dicas de como manter o autocuidado na maternidade

A atriz Luma Vidal, “mãe de segunda viagem”, conta como divide seu tempo entre a maternidade e os cuidados com a sua aparência. Criar filhos requer tempo, disposição, equilíbrio mental e emocional, então como equalizar o autocuidado e a maternidade? Que papel a beleza tem quando toda sua vida tem a ver com outra pessoa? Entenda que autocuidado é fundamental na vida de todas as mulheres, e não seria diferente na rotina das mães. Cuidar dos filhos é uma tarefa que exige muito esforço. O tempo dedicado às crianças é subtraído do tempo das mães, que ainda precisam conciliar as tarefas da casa e as demandas do serviço. Mãe de Glória (4) e Olga (3), Luma relata que, mesmo contando com ajuda profissional em casa, ao longo da jornada diária, o cansaço físico e mental vai se acumulando, e, ao fim de uma semana, o corpo e a mente realmente carecem de cuidado. Rotina “Minha rotina sempre foi acelerada. Faço mil coisas ao mesmo tempo, mas virar mãe muda tudo. Os filhos viram prioridade sempre e a beleza e o autocuidado saem de jogo às vezes. Mas ainda assim, sempre procurei tirar um momento do meu dia, ainda que muito breve, pra fazer algo para mim, pois sinto que é importante ter esse comprometimento comigo mesma. Cuidar da saúde física, mental e espiritual não é um luxo, é uma necessidade real”, conta Luma. Adepta de técnicas de alongamentos e pequenos cuidados diários, a atriz mineira explica a importância de tirar um tempo para cuidar de si e conta como isso alivia na sobrecarga da correria do dia a dia e faz com que tudo se torne mais leve e agradável de se realizar. “Seja gentil e amável com você. Tire um tempo para ‘se namorar’. Leia, dance, cante, ouça sua música favorita, exercite seu corpo, hidrate sua pele e seu cabelo. Procure tirar um tempinho pra fazer o que você gosta, pois, além de satisfação profissional, a satisfação pessoal também é muito importante para impulsionar seus resultados”, finalizou a atriz.

Leia Mais

Luma Vidal fala sobre carreira após seu envolvimento na política

A atriz Luma Vidal comenta sobre a polarização no Brasil e os efeitos na carreira artística após seu envolvimento na política Em um cenário caótico após as eleições de 2022, com o Brasil dividido em visões totalmente polarizadas e em meio a era das fake news e da cassação de perfis das redes sociais, a atriz e influenciadora Luma Vidal fala sobre as perspectivas para esse mercado e os players digitais. “Nem o pós-pandemia, com todos os desafios da desaceleração econômica, foi tão desafiador quanto o cenário de polarização atual”, afirma a atriz e influenciadora digital. Apesar do currículo de peso contando com participação em novelas famosas como A Favorita, Tempos Modernos, Negócios da China e Passione, além de ter contracenado com ninguém menos que o saudoso Nelson Xavier no filme A Despedida, de Marcelo Galvão, foi mais recentemente que a atriz e influencer enfrentou um dos maiores desafios da carreira ao comandar a comunicação de uma campanha presidencial. Política Em 2022, já consolidada como influencer e tendo milhares de seguidores nas redes sociais, depois de uma rápida passagem pela gestão de conteúdo das redes sociais de um dos maiores nomes do marketing digital do Brasil, Pablo Marçal, Luma Vidal aceitou o desafio de comandar a assessoria de comunicação da campanha presidencial do empresário goiano. “O Pablo, que tem um alinhamento cristão conservador como grande parte do público brasileiro, se apresentou como uma alternativa à polarização entre esquerda e direita,  e inicialmente pensávamos que seria fácil emplacar um outsider com esse perfil mas, quando começamos, apanhamos de todos os lados”. Pablo não chegou a obter o registro final da candidatura à presidência e, mesmo obtendo cerca de 250 mil votos e sendo eleito para deputado federal por São Paulo, não teve êxito junto ao TSE em ser diplomado para assumir o cargo eletivo. “Foi uma experiência incrível participar da campanha em tantas frentes, seja atuando como gestora de comunicação ou colaborando nas estratégias de marketing”. Saldo positivo Apesar da polarização, a atriz mineira diz que a experiência foi muito produtiva e não causou prejuízos à sua imagem ou sua audiência. Batizada por Pablo Marçal como a “Rainha da Autoralidade”, Luma conquistou novos seguidores engajados, que reconheceram sua dedicação e empenho em meio às intensas reviravoltas na candidatura de Marçal. “É óbvio que sempre tem aquele que te cancela por estar em uma posição diferente da que ele espera. Lembro de uma seguidora antiga que escreveu a mensagem “deixando de te seguir em 3, 2,1.” e me bloqueou em seguida. Mas foram casos raros. Eu sempre lidei bem com a pluralidade de ideias e acredito que o segredo é o respeito ao outro e à sua liberdade de pensar diferente. Saber fazer o contraponto com respeito,  educação e é claro, com bom humor (que é uma das minhas marcas registradas), ajuda a desarmar qualquer espírito”, contou a atriz. A prova do êxito é que suas redes continuam crescendo e o número de clientes em sua empresa, a Auge Comunicação Estratégica, só vem aumentando após as eleições. O mercado digital é muito grande e plural e a atriz celebra o fato de continuar crescendo, apesar da polarização existente.

Leia Mais

Luma Vidal é o novo rosto da publicidade no mercado nacional e internacional

Afastada da TV para viver o sonho da maternidade, a atriz mineira Luma Vidal segue a todo vapor em campanhas publicitárias Luma Vidal, atriz mineira de 35 anos que tem em seu vasto currículo participações em novelas da Rede Globo, longa-metragens e diversas peças teatrais, agora brilha em campanhas publicitárias nacionais e internacionais em São Paulo. Provavelmente você já deve ter visto o rosto da bela atriz em algum anúncio na TV ou internet. Luma é garota propaganda da Piccolli & Premier, uma rede de móveis de alto padrão de São Paulo há quase um ano e também da Crédito Sales, uma empresa de crédito consignado. Recentemente, é possível ver o rosto da mineira em discursos inflamados na internet, na campanha de divulgação de um candidato político. Além disso, pelo segundo ano consecutivo, ela e sua filha primogênita, a atriz mirim Glória Vidal (4), foram escolhidas para estrelar mais uma campanha publicitária da Unicharm, marca japonesa de lenços antissépticos. A dupla já alcançou mais de 5 milhões de visualizações com os anúncios para a marca. Mãe de Glória (4) e Olga (2), a montes-clarense afastou-se das telas para realizar o sonho da maternidade. Luma conta como a publicidade proporcionou a liberdade que sempre desejou, conciliando as atividades maternais com a carreira artística. ”Hoje me sinto realizada. A maternidade é o meu maior sonho, porém a arte também faz parte de mim. É algo que vai me acompanhar até o fim da minha vida. Os projetos de publicidade me proporcionam a liberdade que eu sempre almejei”, afirmou a jovem atriz, que também é empreendedora e graduada em Propaganda e Marketing. Trajetória de Luma Vidal Seu primeiro contato com o Teatro foi aos 9 anos de idade, no curso Oficinato, em Montes Claros, norte de Minas Gerais. Logo nas primeiras aulas do curso, Luma foi convidada a integrar o grupo de mesmo nome, do diretor Aldo Pereira. Em seguida, a pequena mineira estreou seu primeiro espetáculo, chamado “Precisa-se de um Caixão” e passou a trabalhar oficialmente como atriz desde então. Aos 18 anos foi morar em São Paulo para seguir a carreira de atriz. Luma estudou em escolas renomadas, como a dos diretores Fátima Toledo e Beto Silveira. Em 2006 a jovem chegou a participar do concurso “A Nova das Oito” do Caldeirão do Huck, ficando entre as 16 finalistas, das mil candidatas participantes. Na Rede Globo, além das participações em novelas, Luma trabalhou durante muitos anos com Jô Soares, no Programa do Jô. A atriz também é dançarina e chegou a ser convidada para integrar o Ballet do Faustão. Em 2014, a mineira atuou ao lado de Nelson Xavier no premiado longa-metragem “A Despedida“. “Tenho novos projetos para retornar às telas de TV e cinema em 2023”, finalizou Luma.

Leia Mais

Luma Vidal estreia novo espetáculo e brilha no Teatro Bibi Ferreira, em São Paulo

Nesta segunda-feira (29) a atriz Luma Vidal estreou, no Teatro Bibi Ferreira, uma montagem inédita de O Arquiteto e o Imperador da Assíria, peça escrita em 1967 pelo dramaturgo espanhol Fernando Arrabal. Essa é uma das peças fundamentais na reflexão sobre o pós-guerra e o totalitarismo que culminou no confronto. Luma interpreta uma das “personas” do personagem “Arquiteto”, ao lado de outros sete atores. O espetáculo idealizado pelo Studio Beto Silveira, é dirigido pelo talentoso Rogério Pércore.  Situada em uma ilha deserta, a peça inicia-se com um desastre aéreo que leva seu único sobrevivente a entrar em contato com um nativo que jamais teve contato com outro ser humano. A partir dessa interação, o sobrevivente busca impor ao outro suas ideias de cultura e civilização. “Utilizando a cultura para seduzir o Arquiteto sobre as supostas maravilhas da civilização, além da construção da linguagem, há o processo de formação do Estado e do conhecimento de toda a estrutura social, em que entram conceitos como política, religião, família, relações afetivas, artes, filosofia e a própria noção de humano”, analisa o diretor. Luma afirma que a escolha de atuar em O Arquiteto e o Imperador da Assíria reforça o seu posicionamento de trabalhar em  obras que despertem profunda reflexão no público. “Neste caso, a reflexão está baseada no conceito de Triângulo da Violência, proposto pelo sociólogo norueguês Johan Galtung. Pode-se dividí-la em três tipos: a violência direta, a violência estrutural e a violência cultural. Na peça, há as três tipificações, mas o alicerce da criação do poder do Imperador está na violência cultural, ao utilizar o conhecimento do mundo dito civilizado para seduzir o Arquiteto e fazer com que o jogo de dominação seja aceito por ele”, afirmou a jovem atriz. A veterana Valderez de Barros, consagrada atriz da Rede Globo, também foi prestigiar o espetáculo “O Arquiteto e o Imperador da Assíria”, cujo “padrinho” é o apresentador Leão Lobo.  SINOPSEEm uma ilha isolada, um desastre aéreo conduz o único sobrevivente do acidente ao convívio e relacionamento com um nativo que nunca teve contato com outro ser humano. O sobrevivente tenta impor ao outro sua ideia de cultura e civilização. FICHA TÉCNICA Texto: Fernando ArrabalDireção, tradução e adaptação: Rogério PércoreElenco: Luma Vidal, Luccas Papp, Jéssica Couto, Thais Bianchi, Tatiane Moreno, Thais Marcondes, Isabel Marques e Paulo PellegriniDireção de produção: Rogério PércoreCenário e iluminação: Luís Felipe PetuchoFigurinos: Isabel NoriSonoplastia: Sabrina CaldiniAssistência de direção:  Guilherme NasrauiAssistência de produção: Jaddy MinarelliFotos: Roci CostaRegistro em vídeo: Luís Felipe Petucho SERVIÇO Espetáculo: O Arquiteto e o Imperador da Assíria Duração: 120 min.  Classificação: 16 anos.  Gênero: tragicomédia  Primeira temporadaDe 26 de setembro a 06 de outubro, 21h00Local: Teatro Bibi Ferreira – (Av. Brigadeiro Luís Antônio, 931 – São Paulo)Ingressos: R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia)

Leia Mais

Esta gostando? Compartilhe

Mais Populares:

Quer ver mais conteúdos?

Assine Nossa Newsletter

E Fique Por Dentro De Tudo Que Acontece Em Uberlândia.

plugins premium WordPress

Olá, visitante